Qual é o melhor livro da Julia Quinn e por que é "O que acontece em Londres"

Isto não é um post. É uma lista incontestável. Vocês podem comentar, mas não discordar.


Motivos pelos quais "O que acontece em Londres" é o melhor livro da Julia Quinn.


- Harry Valentine tem uma profissão. Ele é tradutor.


- Harry Valentine é poliglota.


- Harry Valentine.


- Olivia Bevelstoke é linda, sim, mas meio desengonçada. Ela não parece uma mocinha de romance.


- Olivia Bevelstoke lê o jornal mas ninguém a trata como uma aberração em casa por causa disso. Tampouco ela é retratada como super inteligente. Ela é normal.


- Olivia não ajuda Harry a se tornar alguém melhor.


- Harry é mais um mocinho de romance de época com problemas com o pai, porem não é porque o pai dele é horrível nem porque o pai dele é tão bom que ele teme nunca estar à altura. É algo muito mais real, normal e, por isso mesmo, tocante. O pai dele era um alcoólatra do tipo que fazia o filho passar vergonha em público, do tipo que vomitava e o filho tinha que limpar. Vergonha, frustração, raiva, tristeza. Sentimentos reais.


- Eles leem o mesmo livro idiota e ficam conversando pela janela. E se apaixonam dessa forma. Não dá pra ser mais fofo, francamente.


- "Miss Butterworth and the Mad Baron". É um motivo suficiente e válido.


- Olivia se apaixona como uma pessoa normal. Ela dá gritinhos quando vira de costas e fecha a janela depois de viver algum momento fofo com Harry.


- Uma das melhores cenas que Julia Quinn já escreveu, que envolve Sebastian Grey, Miss Butterworth e uma mesa.


- Harry nunca é descrito como forte ou musculoso porque isso não importa.


- Harry se declara para Olivia meio sem planejar, mas também sem grandes sustos, o fato de se apaixonarem é tratado como algo normal, não como algo assustador. Nenhum dos dois fica de frescura quando se descobre apaixonado. Isso mesmo, nenhum dos dois.


- Olivia belisca a bunda do Harry.


- Quando Olivia descobre que Harry esteve mentindo pra ela durante o livro todo, ela entende o motivo e pronto. Isso se resolve em um parágrafo.




- O final é tão perfeito que não precisa de epílogo.

155 visualizações1 comentário
© 2023 por Adão Castelo. Criado orgulhosamente com WIX.COM