Os Livros de Ventura

Ventura García Fontain tem vinte e quatro anos, um gato, um cachorro, um peculiar amigo desaparecido, mais talento do que acredita e um segredo que envenenou todos os anos de sua juventude. Sua pequena família, fragmentada por mágoas e desamor, ensinou-a desde muito jovem a proteger seu coração, isolando-se do mundo real, mantendo-se ocupada na faculdade de Literatura e no Museu Português onde trabalha, mas, sobretudo, afastando de si as pessoas reais e sufocando seus sentimentos.

Até que surgem, no quintal de sua casa, dois antigos diários do século 18, inexplicavelmente bem conservados, que irão atirá-la no vórtice de um mistério que precipitará uma série de acontecimentos em sua vida que ela não poderá mais impedir ou sufocar. Quando todas as hipóteses com as quais Ventura mal ousou sonhar começam a se tornar reais, a promessa desesperada de um terceiro diário, que pode trazer respostas à avalanche de perguntas provocadas pelos livros, torna-se sua tábua de salvação e, talvez, uma ponte para começar a percorrer os caminhos do seu destino.

Uma Fonte de Ventura

Um aniversário. Um nascimento. Uma morte.

A vida de Ventura García Fontain será sacudida por três eventos no início de um ano que vai mudar tudo. Para sempre. Acompanhada de perto pela presença amiga de Antônio, cuja origem ela agora conhece e com quem ela firma laços cada vez mais fortes, lado a lado com o amor pacífico de Téo, mas nunca abandonada por sonhos e lembranças de Alexandre, Ventura se verá desafiada mais uma vez por um mistério, que, desta vez, envolve a invulgar família Fontain. Um perigoso jogo de pistas em terreno conhecido, encontrando memórias de infância, desviando de peças familiares que talvez ela não conheça tão bem quanto supunha. Em busca de velhas histórias, lendas e origens, Ventura conhece figuras misteriosas, faz amigos preciosos e vai mais longe do que parecia possível ir na pequena cidade de Fontain.

Mas é de mãos dadas com seus maiores medos que Ventura descobrirá suas maiores coragens. E a mulher que um dia julgou que nunca poderia ser feliz, que suportou durante anos as dores e angústias de uma vida em purgatório, conhecerá finalmente o paraíso. Mas, se há um paraíso... é porque há um inferno.

Um Fado para Ventura

"Como poderia fugir do destino uma jovem com um nome como o seu?"

Sua história tornou-se tragédia. Seu amor converteu-se em maldição. Agora tudo que Ventura García Fontain consegue fazer, no solitário inverno europeu do ano de 2010, é fugir. Fugir do interesse carinhoso de seus amigos, das perguntas saudosas de sua mãe, do escrutínio de seu pai.

Fugir de seu irmão.

Sozinha e sem rumo, ela acabará voltando à origem de tudo. Numa reviravolta movida pela arte, única energia positiva que ainda lhe resta, Ventura é conduzida justamente às terras onde tudo começou, para ela e para Antônio, o único de quem ela não se afasta. E que, desta vez, se verá tão intrigado quanto ela ao se deparar com um novo mistério que atravessa o tempo e envolve os dois.

Passo a passo nessa rota de fuga, Ventura será confrontada com tudo aquilo que tenta evitar. Seus erros, seus pecados, seus fantasmas. Perderá tudo antes que possa entender seu destino.

Mas sobreviverá para achar as respostas.

Ventura - Cenas Extras

"Quis eternizar teu rosto, teu sorriso, na minha memória. De um jeito que fosse inofensivo, que não me causasse dano. De um jeito que eu pudesse até sorrir, quando pensasse em você.
Naquela tarde, não fui capaz de acreditar que isso um dia seria possível."
Prequels, versões alternativas, visões de outros personagens, vislumbres de intimidade. Neste volume extra da trilogia "Ventura", o leitor poderá testemunhar o nascer turbulento e angustiante de um sentimento poderoso, verá o primeiro encontro de Ventura e Antônio e acompanhará os dilemas de Alexandre ao longo de algumas cenas especiais, escritas durante o desenvolvimento dos três volumes da saga "Ventura": Os Livros de Ventura, Uma Fonte de Ventura e Um Fado para Ventura.
"Alexandre assentiu. Devagar. Algumas vezes. Estava começando a perder o controle do seu ensaio. Estava ficando tudo real demais. Ele só tinha que não fazer merda. Não sabia muito bem qual era o certo a fazer, mas tinha uma boa ideia do que era errado. Do que ele não queria fazer.
Uma das coisas a não fazer era fugir.
E, por deus, era tudo que ele queria fazer naquele momento. Fugir.
Não adiantava o quanto ele evitasse. Ele sempre seria o homem que não queria ser."
Organizadas por temas e cronologicamente, as cenas extras vão ilustrar e enriquecer a jornada desses personagens complexos cuja história, inesgotável, é tão cheia de meandros e segredos. Viaje pelo passado (e pelo futuro!) de Ventura García Fontain com este ebook exclusivo!
*Leitura recomendada para quem já terminou de ler os três volumes da trilogia.*

 
 
 
 
© 2023 por Adão Castelo. Criado orgulhosamente com WIX.COM