O Sangue

"Quando as mentiras começam a cheirar, até as verdades fedem."

Uma moça que foi testemunha da execução do próprio pai vive no limbo de uma vida falsa, inventada.

Patrícia Oliveira está no programa de proteção às testemunhas e vive exilada, na Flórida, com o que restou de sua família, sob a vigilância perturbadora do policial Diego Ferraz. Ela perdeu o nome, perdeu a casa, perdeu o pai, deixou para trás uma vida inteira. Mas pode ganhar muito mais do que jamais sonhou. As tragédias também reescrevem os finais.

O onírico 19 foi sonhado em janeiro de 2016 e terminado em 25 de fevereiro do mesmo ano. Foi publicado em outubro de 2016 e a foto da capa é minha, tendo como base a tampa do notebook no qual o livro foi escrito.